Pintando paredes (padrão)

Pintar paredes pode ser mais simples do que parece. Quando eu fui reformar minha sala, decidi que ia pintar a parede de uma cor bem bonita para alegrar o ambiente. E fui optar pelo antigo faça-você-mesmo. Por isso, elaborei um Guia Prático de Pintura Padrão :)

Antes de mais nada, você vai precisar:

  • Da tinta, obviamente
  • Pincéis (recomendo um fino, para cantos, e um mais larguinho, para completar possíveis falhas)
  • Rolos (também recomendo um grande, com cabo de extensão, para pintar as partes altas; e um pequeno)
  • Bandeja para tinta
  • Fita crepe (para colar na quina das paredes, teto e rodapé/chão)
  • Escada (para pintar os lugares altos)
  • Jornal velho (para forrar o chão e não estragar o seu piso)
  • Pano úmido (para caso você pinte de leve, acidentamente, um lugar que não era pra receber tinta. Se a tinta for à base de água e você passar o pano rápido, vai sair)
  • Solvente (opcional, para limpar possíveis respingos e manchas)

Para não fazer besteira, antes de começar a brincadeira, achei melhor fazer uma pesquisa sobre como fazer direitinho, para não estragar logo a primeira parede que as pessoas veem ao chegar à minha casa. E consegui reunir uma série de dicas práticas.

  • Pintura de paredes (ou de espaços internos) tem uma sequência de trabalho. Em geral, recomenda-se seguir esse roteiro:
  1. Primeiro se pinta o teto
  2. Depois as paredes (começando de cima até embaixo)
  3. Em seguida as molduras (ou seja, no em torno de portas e janelas)
  4. Por fim, os rodapés
  • Se possível, tire com chave de fenda as tampas de interruptores e tomadas, para não correr o risco de pintá-las acidentalmente.
  • Quando começar, pinte uma parede inteira antes de descansar. Se fizer alguns pedaços de cada vez, sua parede pode ficar manchada.
  • Depois se afaste e veja se algum espaço ficou sem tinta. Complete, caso tenha ficado.
  • Pinte em colunas. Por exemplo: se começar no canto da parede, rente à quina, complete a pintura da coluna inteira antes de começar uma nova coluna.
  • Depois de passar a primeira demão de tinta, deixe secar. Já seco, dê a segunda demão. E deixe secar.

Pronto. É isso :)

Eu só pintei uma das paredes da sala e fiz uma demão em um dia e a segunda no outro (para ter certeza que ia estar bem sequinho). Recomendo utilizar tinta sem cheiro (que, ainda assim, tem um cheirinho, mas nada comparável à tradicional). Se for muita coisa, talvez compense contratar um pintor.

Depois faço um post sobre pinturas mais artísticas, tipo aquelas que os designers dos programas do People and Arts fazem :D

Tagged: , , ,

Comments: 2

  1. Freitas 24 de setembro de 2010 at 09:43

    ótimas dicas de pintura de paredes… :-)

  2. [...] Pintar uma na sua casa é mais simples e fácil do que se pensa. Dá uma olhada nesses posts Pintando paredes (padrão) e Simulador de cor para ambientes para se inspirar :) parede dos leitores Invista em peças [...]